AgriSol

logotipo_agrisol-03

Agricultura como fonte de sustentabilidade

O Projeto AgriSol –  Agricultura Solidária pretende ser parte da estratégia de desenvolvimento local sustentável que defendemos para o concelho da Lousã, partindo da existência de uma quinta cedida por particulares à instituição para esse efeito.

O AgriSol visa a promoção de sustentabilidade para os seus benefícios, para a comunidade e também para a própria instituição.

Associado a outros projetos locais pode transformar-se numa mais-valia para a criação de uma comunidade local mais integrada, desenvolvida e para um território inclusivo. Em diagnóstico de necessidades recentemente efetuada para outro projeto da instituição, o MicroNinho – Incubadora Social, foi possível verificar os problemas acima identificados e ainda necessidades de apostar na agricultura como pólo essencial de desenvolvimento local, dadas as condições naturais locais existentes para esta prática e a necessidade de se balancear o rendimento das famílias com este complemento.

Verificou-se também que o território é assimétrico e que o desenvolvimento em tempos existente no concelho com a área da construção civil levou ao abandono das terras de cultivo. Hoje quem cultiva são pessoas mais velhas, cuja tradição e ligação à terra se manteve e que ainda hoje parte da sua subsistência do que produzem.

Objetivo geral:

Promover a inclusão social, económica, cultural, recreativa e territorial, com vista ao desenvolvimento local sustentável e inclusivo, pela via da agricultura, utilizando como estratégia as lógicas do empreendedorismo social e da inovação social.

Objetivos específicos:

  • Promover a reutilização de terrenos agrícolas ao abandono;
  • Criar alternativas à dependência de apoios pontuais e caritativos;
  • Promover a partilha de recursos e a economia solidária;
  • Consciencializar para a importância da agricultura sustentável nos públicos envolvidos;
  • Despertar o interesse pela agricultura nas crianças e jovens;
  • Incentivar o microempreendedorismo inclusivo;
  • Formar e informar públicos desfavorecidos dando-lhes ferramentas de autosustentabiliadade com base na agricultura;
  • Promover uma fonte de sustentabilidade para o projeto e para a instituição.

Destinatários

Famílias em situação de fragilidade social e crianças e jovens em situação de risco ou perigo.

Estes grupos alvo de intervenção englobam as situações de desemprego, pobreza, desestruturação familiar, i entre outros devidamente justificados

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s